quinta-feira, 10 de abril de 2008

"A música genuína alemã emplacou novamente"

Imagine um programa de rádio dedicado exclusivamente às músicas alemãs? Melhor, um programa brasileiro com o locutor falando em Português? O programa Hallo Freunde (Olá, amigos) é a reunião certa dessas duas fórmulas: a música alemã e os ouvintes brasileiros. Pio Rambo, apresentador do programa, mostra no repertório todos os gêneros musicais que fazem da Alemanha um grande cenário musical - Schlager (a música atual), Volksmusik, Country e Boarisch são uns dos estilos mais pedidos no programa.

Pio Rambo é descendente de alemães da 5ª geração e seus antecedentes vieram ao Brasil em 1827. Ele diz estar sempre ligado à pessoas que cultuam as raízes germânicas e, por aí, seu gosto pela música germânica passou a crescer cada vez mais.

Em entrevista à Geile Musik, Pio conta tudo sobre o melhor do cenário musical alemão e como fez o Hallo Freunde ser um dos programas de maior audiência da Rádio Comunitária Caiense (RCC - São Sebastião do Caí).
Foto: Site RCC (Rádio Comunitária Caiense)


GEILE MUSIK - Na sua comunidade sobre música alemã no Orkut, há bastante material compartilhado entre os membros. Quais artistas e/ou gêneros mais compartilhados?

PIO RAMBO - Por incrível que pareça, as músicas de Oktoberfest são o carro-chefedos pedidos musicais, seguidas de sucessos inéditos ou do momento. Só que os lançamentos não compartilho e sugiro tentar comprar o disco ou encontrar em sites como o Emule. Além disto, muitos querem os sucessos eternos como Lili Marleen ou Heimweh.

GM - Há quanto tempo o programa Hallo Freunde está no ar?

PIO RAMBO - O programa Hallo Freunde está no ar desde o dia 21 de julho de 2000, portanto, há quase 8 anos. Primeiro, apresentava o programa em emissora comercial na cidade vizinha de Montenegro e atualmente (há 4 anos) na RCC - Rádio Comunitária Caiense. Aqui, meu maior desafio foi conquistar os ouvintes de nossa cidade (São Sebastião do Caí - RS), os quais em sua maioria são descendentes de portugueses. Descendentes de alemães aqui são em torno de 15%. A fórmula foi descrever, em português, o conteúdo da canção. A fórmula deu certo e hoje, o programa é um dos de maior audiência na emissora.

GM - Mesmo com o avanço das Novas Tecnologias, houve alguma música ou álbum de um determinado artista que foi muito difícil de obter?

PIO RAMBO - Sim. 2 exemplos: Beatles cantando em alemão (Sie liebt dich - She love's you e Komm gib mir deine Hand _ I wanna hold your hand), o grupo sueco ABBA cantando em alemão, também o grupo inglês Pussycat cantando em alemão e a banda sueca Vikingarna que, depois, seriaVikinger. Além disto, bandas holandesas cantando em alemão são difíceis de conseguir.

GM - Muito se fala na "nova onda alemã" da música. Artistas e bandas como Wir Sind Helden, die Ärtze, In Extremo, Juli e Xavier Naidoo são parte da grande indústria fonográfica atual. Qual seria sua análise sobre esses artistas? Você acredita que a influência das músicas norte-americanas quebrou a "identidade" da música alemã?

PIO RAMBO - Sobre as novas tendências alemãs acho que são bem vindas, afinal, são grandes cantores e bandas que enriquecem o mundo musical com sua arte, especialmente o sul africano Xavier Naidoo tem um estilo único de cantar. Faltaram em sua citação estrangeiros como a indiana Belsy e oargentino Semino Rossi os quais marcaram época nos meios musicais alemães.Acho que a música norte americana teve sua influência no meio alemão entre os anos 50 e 70, mas depois perdeu força e a música genuína alemã novamente emplacou.

GM - Recentemente, o cantor norte-americano Seal declarou numa coletiva, em São Paulo, que o alemão "fica ruim em música romântica" porque o idioma alemão "não é belo". Existe ainda uma resistência por parte dos alemães em relação à sonoridade do idioma? Como está indo a música romântica alemã em termos de mercado?

PIO RAMBO - É um fiasco a declaração deste cantor. Vê-se que ele não entende nada de música alemã. A música romântica alemã é cândida, doce, envolvente, sempre dirigida a uma pessoa, a um momento, a uma memória ou a uma situação, no que a língua alemã complementa o momento em si com seu sotaque. Tem enésimas canções alemães românticas, muito melhores que as mais famosas dos EUA, só que não foram expostas na mídia e não se tornaram produto de mercado e vendagem. Ele [Seal] com certeza nunca ouviu a canção do Freddy Breck que se chama Im Schattender Alte Kastanien - à sombra das velhas castanheiras, uma canção românitica onde ele conta que levava sua namorada para confidenciaremseus mais íntimos segredos à sombra das velhas castanheiras e hoje, todas às vezes em que volta para aquele lugar e senta naqueles bancos, lembra da amada. É muito profunda a letra, bem melhor que 'Only You' ou "The Great Pretender".

GM - Qual artista você recomendaria para alguém que não conheça nenhuma música alemã?

PIO RAMBO - Recomendo pelo estilo irreverente de ser: Wolfgang Petry, Christina Stürmer, Seeed, Die Paldauer, Nockalm Quintett. Para os mais jovens: Rammstein, Virginia Jetzt, Yvonne Catterfeld.

GM - Na sua opinião, os descendentes de alemãs no Brasil, mais especificamente no estado do Rio Grande do Sul, ainda continuamligados à música Volk ou a música contemporânea já ganhou espaço?

PIO RAMBO - Os descendentes de alemães aqui no RS normalmente curtem mais a volksmusik, mas a música contemporânea chamada de Schlager também os sensibiliza.

GM - Apesar da grande comunidade no Sul do país, existe muita procura de brasileiros de outros estados sobre música alemã?

PIO RAMBO - Sim, tenho muitas pessoas no Brasil e no mundo inteiro ligadas à música alemã

GM - E em relação às músicas dançantes, quais artistas mais populares?

PIO RAMBO - Ballermann, Anton aus Tirol, Antonia, Gaby Bagynski, Fernando Express. *

NOTA: o programa Hallo Freunde vai ao ar todos os domingos, às 9h.

17 comentários:

PERDIDO NO PORTO disse...

Sinceramente, não consigo imaginar um programa com músicas alemãs... na verdade, nunca ouvi uma música alemã, mas, confesso, fiquei imensamente curioso. Esse programa passa online? Caso sim, poderia deixar o endereço? Bom blog. Abraço!

Natasha Guerrize disse...

Lógico. O link está no próprio nome da rádio. É http://rcc.fm.br!
Obrigada pelo comentário e confira mesmo, realmente foge do comum!

PERDIDO NO PORTO disse...

Por nada... que é isso?! Estamos aqui para ler e comentar, mesmo...Ah! Essa foto é no Porto - Portugal, sim... bonita? Pois estou pensando em trocá-la.... colocar uma noturna, pois acho mais bonita... bom... valeu pelo link... vou conferir. Beijo!

caio arroyo disse...

Nao sei se começo falando parabens ou sobre o otimo assunto, bom parabens pela iniciativa de falar dessa cultura tão interessante e musica tao excelente, sou fanatico por musica alema seja antiga ate atual, posso linkar o blog?

Natasha Guerrize disse...

Lógico, Caio! Ficarei muito honrada e agradecida! Você será muito bem vindo!
Aliás, seu blog também trata de música, então eu vou linkar o seu!
Um beijo!

Koffing disse...

Tambem nao imagino algo do tipo
Musicas Alemãs...

Mas gosto seria gosto?

Como nunca ouvi nao posso dizer que nao gosto mas nem imagino

Bj
Fui

Koffing disse...

Ah e adicionei seu blog ao meu
Abraços Fui

Mariana Rodrigues disse...

Muito legal o tema do seu blog.È uma coisa tão distante do meu cotidiano que nunca parei para pensar que nunca ouvi uma música em alemão.

Bjus e me visita na minha "casa nova"

Ricardo Filho disse...

Olá Natasha! Já adicionei seu blog no meu :
http://neojapanism.blogspot.com/

Ricardo Filho disse...

Olá Natasha! Já adicionei o seu blog no meu :
http://neojapanism.blogspot.com/

Wander Veroni disse...

Oi, Natasha!
Obrigado por visitar o "Café com Notícias", volte sempre, ok!

Adorei seu blog...agoro posso falar q conheço um pouco de música europeia vindo no seu blog...hehehe...

Abraço,

=]

Rodrigo disse...

Eu axo que nuk ouvi uma musik alema, pelo menus nao lembro, seria bom uma radio assim

Conquistadores (Didixy) disse...

Olá. Obrigado pela visita em meu blog.
Não conhecia esse trabalho dele, vou procurar saber mais. Em meu blog eu ainda fazendo uns posts de música sobre música alemã. Muito show.

Acho que ele deva conhecer.

bjs.

_____________________
Comentários de filmes, seriados, além de entrevistas e muito mais.

www.conquistadoresdm.blogspot.com

Daniel Leite disse...

Muito legal a iniciativa do programa. É fantástico ver como algumas correntes alavancam determinados temas. Este blog, sem dúvida, com a abertura deste espaço, populariza a música alemã entre os leitores. Ainda mais com a entrevista de Pio Rambo.

Até mais!

vanessa disse...

Adoro música e me interesso por estilo diversificados, inclusive, world music. Confesso que nunca estudei nem me interessei por música alemã, apesar de adorar as bandas do estilo Krautrock. Gostaria muito que o blog abordasse algo a mais sobre o tema pois o Krautrock mostra-se extremamente influente na Alemanha até os dias de hoje.

Por fim o blog está lindo e a conterrânea está de parabéns.Bjo na bunda e continue assim!
^^

Daniel Leite disse...

Estive observando, você estuda em Santos! Nasci e morei aí por 12 anos. Hoje, estou em Viçosa, fazendo o mesmo curso na UFV.

Até mais, bjos!

Conquistadores (Didixy) disse...

Vou aguardar ansioso para ver. No meu blog já indiquei várias bandas alemã para o pessoa conhecer.

APROVEITO A OPORTUNIDADE E FAÇO UM CONVITE PARA PARTICIPAR DA PROMOÇÃO NO BLOG.ENTRE JÁ, DESCUBRA E PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM!!!

www.conquistadoresdm.blogspot.com